O gerenciamento de resíduos em hotéis, é um dos principais desafios do setor hoteleiro. Adaptado para receber um fluxo elevado de indivíduos em todas as épocas do ano, os hotéis são responsáveis por gerar um volume expressivo de resíduo por cada hóspede.

Para evitar que esse material se transforme em um problema ambiental e urbano, uma boa gestão em todas as etapas da geração é fundamental para garantir o transporte e destinação correta desse resíduo.

Para saber mais sobre os desafios do gerenciamento de resíduos em hotéis, e como o setor pode atuar na gestão desse material, siga com a leitura!

Legislação ambiental para o setor hoteleiro

Assim como os demais estabelecimentos públicos e privados do país, o gerenciamento de resíduos em hotéis deve seguir a Política Nacional de Resíduos Sólidos na elaboração de seu plano de gerenciamento de resíduos. Além da lei federal, os hotéis devem ficar atentos às legislações estaduais e municipais às quais estão sujeitos de acordo com a sua localização.

Entretanto, apesar de não haver nenhuma legislação específica sobre o gerenciamento de resíduos em hotéis, a classificação em cinco estrelas do Ministério do Turismo requer que qualquer modelo de serviço de hospedagem, em qualquer categoria, mantenha uma estratégia para redução da geração e para o tratamento adequado de resíduos.

Dessa forma, manter um plano de gerenciamento de resíduos torna-se necessário para poder atender às exigências do MTur e, assim, tornar o negócio mais competitivo no mercado.

Importância ambiental do gerenciamento de resíduos em hotéis

Além do gerenciamento de resíduos em hotéis contribuir para tornar o negócio mais competitivo e, assim, atrair um maior número de hóspedes, é preciso considerar que muitos hotéis estão localizados em áreas de interesse histórico e ambiental.

Nestas áreas a gestão adequada de resíduos torna-se ainda mais necessária. O transporte e destinação feitos de formas inadequadas, podem levar os resíduos a serem depositados em áreas inadequadas, como áreas de preservação e de relevância histórica, o que configura crime e pode penalidades com multas que podem chegar à dezenas de milhares de reais.

Como fazer gerenciamento de resíduos em hotéis

Diferente de outros modelos de empresa, em que o gerenciamento de resíduos pode contar com o engajamento de funcionários e da comunidade envolvida no negócio, em hoteis parte da gestão dos resíduos depende dos hóspedes temporários que passam por esses locais.

Felizmente, como cada vez mais pessoas estão se tornando conscientes da importância do tratamento adequado de resíduos, a gestão de hotéis tem conseguido contar com a adesão de hóspedes ao seu plano de gerenciamento por meio de pequenos avisos deixados na recepção e nos quartos, com indicação de onde podem ser encontradas as lixeiras, os tipos de resíduos que podem ser evitados, etc.

A seguir, mostraremos como o gerenciamento de resíduos em hotéis pode ser aplicado em diferentes espaços do estabelecimento.

Áreas de circulação

Para facilitar o descarte de resíduos por funcionários e hóspedes, é indicado que as áreas de circulação sejam equipadas com lixeiras para diferentes tipos de resíduos. Para facilitar a identificação, vale a pena utilizar recipientes de acordo com o código de cores do CONAMA. Dessa forma, o resíduo pode ser segregado na fonte geradora, facilitando o transporte, tratamento e reciclagem desse material.

Cozinhas

As cozinhas são focos importantes de geração de resíduos devido ao grande volume de refeições preparadas em hotéis. Para facilitar o trabalho das equipes da cozinha, a área deve ser equipada com recipientes para diferentes tipos de resíduos que permitam a segregação.

Devido ao descarte de grande volume de material orgânico, é indicado que o hotel busque formas de fazer a compostagem desse material, o que pode ser feito tanto nas dependências do hotel ou em usinas de compostagem. O adubo obtido pode ser utilizado nas áreas ajardinadas do próprio edifício.

Além disso, o responsável de gerenciamento de resíduos em hotéis deve ficar atento aos resíduos gerados nas áreas de refeição, para identificar desperdícios de alimentos e, assim, informar a cozinha sobre a necessidade de mudanças no cardápio que contribuam com a redução da quantidade de resíduo.

Quartos

Além das atividades desenvolvidas pelo hotel e que são geradoras de resíduos, como preparo de refeições, limpeza e etc, os hóspedes são importantes geradores de resíduos dentro das dependências da empresa.

Pensando nisso, uma boa iniciativa é disponibilizar nos quartos do hotel materiais com informações sobre como o descarte de resíduos deve ser realizado. É interessante que o quarto esteja equipado com, pelo menos, uma lixeira para que o hóspede descarte exclusivamente resíduos secos, como papéis e plásticos.

Áreas de armazenamento

Outro cuidado importante em hotéis é manter as áreas de armazenamento de resíduos sempre limpas e organizadas, para evitar mau cheiro e garantir as boas condições de trabalho para os funcionários. O bom gerenciamento das áreas de armazenamento são importantes para a preservação dos resíduos, sobretudo os recicláveis.

Com o engajamento da comunidade e com um trabalho de conscientização da equipe de funcionários, é possível aplicar com sucesso uma política ambiental que contribua para que os serviços de hospedagem, e se tornem mais sustentáveis ocasionando menor impacto ambiental. Além do retorno financeiro esperado com a redução dos custos de operação geradas por um modelo de gestão sustentável, ao se transformar em uma empresa comprometida com a redução de seu impacto ambiental, o hotel poderá se destacar no mercado e fidelizar clientes.

Open chat
1
Olá!
Como posso ajudar?
Powered by