Os cuidados com a reciclagem de lixo devem ser uma preocupação de todos, entretanto por produzirem uma quantidade expressiva de resíduos, restaurante e estabelecimentos comerciais podem desempenhar um papel significativo no desenvolvimento de práticas sustentáveis ao assumirem um compromisso com a reciclagem de lixo.  

Além de trazer benefícios para o meio ambiente e para toda a sociedade, a reciclagem também pode ser muito vantajosa para as empresas. Neste texto, vamos falar sobre as vantagens de reciclar.

Então, siga com a leitura e, além de conhecer os benefícios da reciclagem de lixo, descubra o que pode ser feito em seu restaurante para colocá-la em prática desde já!  

Quais são os principais benefícios da reciclagem de lixo?

Um dos principais benefícios ao adotar a prática da reciclagem para a empresa é a possibilidade da associação da marca do restaurante à sustentabilidade, automaticamente cria-se uma valorização e exposição positiva da imagem do restaurante perante o público. Sendo assim, diversas pessoas passam a conhecer a sua empresa, transformando-se em possíveis clientes fiéis, automaticamente, o engajamento passa a ser notório.  

Possibilidade de uma nova fonte de renda

Com um pouco de criatividade, é possível transformar a reciclagem de lixo em mais uma fonte de renda para o restaurante. O estabelecimento pode, por exemplo, comercializar o adubo oriundo da compostagem dos restos de comida.   Nesse caso, é preciso realizar um trabalho de comunicação para que o cliente entenda a relação entre o produto comercializado e a prática da reciclagem no restaurante, opte em entregar informativos com instruções do que se trata a ação. Você pode não só expandi a ideia presencial, mas postar nas suas redes sociais da empresa a iniciativa.    

Diminuição dos custos

Ao adotar uma rotina de reciclagem, é fundamental assumir uma prática de segregação dos resíduos. Com a separação e o cuidado com a gestão do que é descartado, surge uma nova fonte de informação para o restaurante, permitindo que por meio da gestão do lixo toda a cadeia de produção seja repensada.   Ao identificar os alimentos encontrados em grande quantidade na lixeira, por exemplo, é possível diminuir a porção deles na produção e, até mesmo, repensar a quantidade comprada desses alimentos, o que pode acabar gerando economia para o restaurante.  

Ambientes mais limpos

Com a necessidade de segregar os resíduos adequadamente para que a reciclagem de lixo possa ser realizada, os espaços destinados ao acondicionamento das lixeiras acabam se tornando mais limpo e organizado.   Isso acontece porque é preciso cuidar para separar corretamente plásticos, papéis, vidros, entre outros, do lixo orgânico. Ademais, ao separar o lixo, observa-se a diminuição do volume de resíduo gerado, propiciando uma gestão mais eficiente do processo de descarte. Quando não existe a preocupação com a segregação de lixo, o volume de lixo contaminado é maior, além de ser difícil manter a organização do espaço destinado ao acondicionamento das lixeiras.  

Como implantar uma rotina de reciclagem no restaurante?

Até parece uma tarefa complicada, mas é simples e muito benéfica para todos. Comece pela separação de lixo. Para permitir que o lixo produzido pelo estabelecimento seja destinado à reciclagem, é preciso saber identificar quais produtos podem ou não ser reciclados. Em geral, papéis, vidros e plásticos podem ser reciclados, e restos de comida podem passar pelo processo de compostagem.

Entretanto, existem algumas exceções às quais é necessário atentar-se, por exemplo: óleos e gorduras, devem ser destinados a empresas especializadas neste tipo de coleta.

Plástico: Com exceção de plásticos adesivos, acrílicos e cabos de panelas, todos os plásticos são recicláveis. Os plásticos adesivos, não podem ser reciclados porque geralmente são feitos a partir de uma combinação dos seis tipos de plástico.

Papel: A maioria dos papéis podem ser reciclados, inclusive papel laminado, papelão e jornal. Porém, é importante que eles estejam secos e que não tenham sido amassados. Portanto, ao colocar papéis no lixo, é possível dobrá-los ou mesmo picá-los, mas nunca amassá-los. Entre os papéis que não são recicláveis estão plastificados, parafinados, celofane, fotografias, adesivos, guardanapos, papel-carbono, papel-toalha e papeis contaminados.

Vidro: Os vidros que podem ser reciclados,são os mais comuns como: vasos, perfumes,copos podem ser 100% reciclados porque apresentam um baixo custo de produção, vidro temperado, reflexivo, laminado e cristão também.

Metal: Entre os produtos de metal, é possível reciclar enlatados, pregos, parafusos, arames, produtos em cobre e em alumínio. Entre os metais não recicláveis estão esponjas de aço, grampos e clipes.

 

Gostou deste conteúdo sobre reciclagem de lixo para as empresas? Para conhecer mais sobre a Translix, acesse o site ou entre em contato pelo telefone (11) 2591-3900.

Open chat
1
Olá!
Como posso ajudar?
Powered by